WWW.THESES.XLIBX.INFO
FREE ELECTRONIC LIBRARY - Theses, dissertations, documentation
 
<< HOME
CONTACTS



Pages:     | 1 |   ...   | 82 | 83 || 85 | 86 |   ...   | 153 |

«FICHA TÉCNICA Título Segurança e Higiene Ocupacionais - SHO 2012 - Livro de Resumos Autores/Editores Arezes, P., Baptista, J.S., Barroso, M.P., ...»

-- [ Page 84 ] --

Como instrumentos de pesquisa foram utilizados o portal da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), o Google scholar e busca em Congressos Internacionais, relacionando-se o tema à Ergonomia do Ambiente Construído, Design e Envelhecimento. Observou-se que o tema “Envelhecimento” é bastante abordado no meio científico em várias áreas do conhecimento, inclusive dentro da área da Ergonomia, sendo o assunto “Quedas”, bem discutido, sobretudo sob a abordagem da ergonomia do ambiente construído, sobressaindo-se ao tema da Percepção, especialmente quando o foco se posiciona na pessoa do idoso. Discute-se como o ambiente responde pela interação;

“idoso x espaço”, quais os riscos decorrentes dessa interação e ainda como o conforto ambiental pode contribuir com a melhoria da qualidade de vida do indivíduo idoso. Dessa forma, os resultados da pesquisa bibliográfica presente neste artigo corroboram a necessidade de estudos mais aprofundados no campo da percepção do idoso inserido no ambiente construído, uma vez que a percepção ambiental está intimamente relacionada com o elevado índice de quedas registrado nessa população.

A finalidade deste trabalho consiste em traçar um panorama da pesquisa científica realizada na última década, através de artigos publicados em periódicos de relevância internacional e apresentados em congressos internacionais bem conceituados, considerando o ponto de interseção entre duas áreas aparentemente distintas; O alto índice de quedas, sobretudo nos espaços residenciais, verificado entre os idosos, sendo estes, considerados a partir de 60 anos, segundo a Organização Mundial de Saúde, (OMC), e a Percepção Ambiental.

A percepção é uma disciplina atrelada a aspectos sensoriais e culturais na esfera dos espaços físicos interiores e exteriores, enquanto que o elevado índice de quedas em idosos é um fato amplamente comprovado por registros médicos e largamente explorado pela literatura científica. Todavia, na maioria das vezes, esses dois assuntos são estudados isoladamente apesar de possuírem uma intrínseca relação de causa e efeito.

Diante do exposto, os dois temas merecem um estudo mais aprofundado que considere os aspectos fisiológicos do envelhecimento e a ergonomia do ambiente construído, uma vez que a percepção em questão diz respeito aos idosos e o ambiente, aos seus domicílios.

2. MATERIAL E MÉTODO Usou-se como instrumento de pesquisa, o portal da CAPES, bem como o site;

http://qualis.capes.gov.br/webqualis/ConsultaPeriodicos.faces, que relaciona os periódicos e seus níveis de estratos, além de buscas pelo tema em congressos internacionais. Qualis é o conjunto de procedimentos utilizados pela Capes para estratificação da qualidade da produção intelectual dos programas de pós-graduação. Tal processo foi concebido como meio de avaliação e é baseado nas informações fornecidas por meio do aplicativo Coleta de Dados. Nesse site encontrase uma lista com a classificação de periódicos e anais de eventos utilizados pelos programas de pós-graduação para a divulgação da sua produção. A estratificação se baseia no cruzamento de dados sobre a circulação dos veículos de publicação da produção científica (local, nacional e internacional) e a sua qualidade (A, B, C) e se insere em uma escala formada por oito estratos (A1, A2, B1 a B5 e C). O estrato C tem peso zero. Foram pesquisados, exclusivamente os periódicos com avaliação A1.

O Fator de Impacto, abreviado como FI, é uma medida que reflete o número médio de citações de artigos científicos publicados em determinado periódico e é empregado para avaliar a relevância de um periódico em sua área.

O critério de escolha dos periódicos partiu, portanto do nível destes perante a comunidade científica internacional, levando-se em consideração o estrato e o fator de impacto a eles vinculados, bem como à área de atuação que corresponde às ciências sociais aplicadas e à subárea, Arquitetura e Urbanismo, Desenho Industrial e Ergonomia.

–  –  –

3. RESULTADOS E DISCUSSÃO Embora a pesquisa tenha sido realizada em seis periódicos de grande impacto acadêmico nas áreas de Ergonomia, Design e Arquitetura, no período de dez anos, não foi encontrado um significativo número de publicações que abordem o tema da “Percepção” relacionada com o ambiente construído e com o desempenho das tarefas diárias. Os artigos encontrados na Applied Ergonomics datam de 2000 a 2005 e são provenientes da Europa, mais especificamente, Finlândia, Holanda e Itália. São publicações muito técnicas, tratando especificamente de aspectos ergonômicos, medidas antropométricas e novos caminhos da gerontecnologia aliada ao design com o objetivo de uma maior qualidade de vida na terceira idade.

Na revista Architectural Design observou-se artigos mais especificamente voltados à quedas de idosos, porém relacionados a aspectos de prevenção (2009, Nova Zelândia) e consequências (1998, Noruega). Verificou-se, tanto na Europa quanto nos Estados Unidos uma grande preocupação com relação à fratura de quadril, inclusive com trabalhos no sentido de desenvolvimento de novos designs para protetores de quadril.

Na revista Building and Environment, encontrou-se artigos recentes, publicados na Holanda com a preocupação com idosos com demência e o ambiente interno, no sentido de fornecer uma visão geral dos parâmetros ambientais e sua relação com o usuário idoso. Nesses artigos nota-se uma preocupação acentuada com a tecnologia voltada para a qualidade de vida na terceira idade relacionada com aspectos cognitivos do envelhecimento.





No International Journal of Industrial Ergonomics, foram verificados artigos de 2000 a 2008, que versavam sobre antropometria, biomecânicas e percepção relacionada à segurança atrelada a aspectos físicos construtivos, como dimensionamento de pisos e pavimentos. Um artigo, de 2003 do Departamento de Engenharia Industrial e Fabricação de Sistemas, da Universidade do Texas em Arlington, USA, abordava a força muscular nos idosos e suas implicações para o design ergonômico. A revista Design Studies, publicou um artigo em 2003 de caráter comparativo, abordando a análise pós-ocupacional, dentro da filosofia do periódico de estudos de design.

Foram observadas várias revisões de literatura, aplicações de questionários, simuladores, entrevistas, filmagens, medições de ambientes. A amostragem de indivíduos variou entre 20 até 400 indivíduos, na metodologia de entrevistas.

No caso de revisão literária encontrou-se artigo com até 55.000 participantes.

Países com publicações encontradas: Estados Unidos, Inglaterra, Finlândia, Holanda, Itália, Canadá, Nova Zelândia, Noruega, Holanda, Espanha e Austrália.

Dos 17 artigos selecionados de periódicos que se encaixavam nos critérios escolhidos para a pesquisa, todos abordavam o tema do envelhecimento, porém, apenas cinco abordavam o subtema “Quedas em Idosos”, mais objetivamente e somente um artigo versava sobre o tema Percepção, e ainda assim, de forma muito específica, com relação à percepção e segurança. Dos onze eventos internacionais pesquisados, em apenas três foram encontrados assuntos pertinentes ao tema.

Em alguns casos, como as programações dos eventos ainda estão em processo de fechamento, não estão disponibilizadas para consulta. No IFAC 2010, na França, observou-se um artigo sobre aspectos cognitivos dos idosos e a tecnologia do design. No Congresso da Human Factors and Ergonomics Society 2010, nos Estados Unidos, um artigo aborda o tema do aspecto econômico com relação ao baixo preço empregado na intervenção para prevenção de quedas em mulheres idosas e vê-se também a preocupação com a urgência em se repensar o design para o envelhecimento. No 9thppan Pacific Conference on Ergonomics-Taiwan. 2010 observou-se a preocupação tecnológica do LED, (light-emitting diode), com o envelhecimento e as Demandas residenciais na terceira idade, e ainda o comprometimento com o Desenho Universal.

Observa-se que no ano 2000, a preocupação com o idoso se acentua, o que pode ser um reflexo dos novos questionamentos do século XXI. Nos três últimos anos, a quantidade de artigo publicado no tema, se estabiliza o que caracteriza um assunto recorrente, além de atual.

Nota-se que a metodologia de experimentos foi a mais utilizada nos artigos pesquisados com seis publicações, seguida por revisões literárias com cinco publicações e entrevistas e outros métodos, empatados com três publicações, cada.

Segundo (GUNTHER e PINHEIRO, 2008, p.378), o experimento trata-se de um método oriundo das ciências naturais, introduzido e explicitado na psicologia por Wundt (1906/2004). Consiste de observações sistemáticas sob condições controladas pelo experimentador. Nos seis artigos encontrados, a pesquisa, em sua maioria abordava questões de estabilidade do solo e sua relação com caminhadas e quedas decorrentes.

Europa e América do Norte foram os continentes com maior número de artigos. Não foram encontrados artigos provenientes da América do Sul, África e Ásia, nestes periódicos, na última década.

A Applied Ergonomics contribuiu para a pesquisa com seis artigos, o periódico International Journal of Industrial Ergonomics, e o periódico Ergonomics, com três cada. As revistas Building Enviroment e Archtectural Design, publicaram dois artigos dentro do tema e, por fim Design Studies, publicou um artigo comparativo que abordava a análise pós-ocupacional em uma instituição de idosos.

4. CONCLUSÃO A pesquisa realizada vem confirmar a tendência atual para a preocupação mundial com a população idosa. Observou-se em muitos trabalhos a relação entre tecnologia e envelhecimento e a preocupação com a qualidade de vida na terceira idade. Um trabalho na Inglaterra aborda o tema a partir do foco dos cuidadores, “Running Focus Group with Elderly and Disabled Elderly Participants”, Inglaterra (2000). A tecnologia, sobretudo voltada para a área do design e o desenvolvimento de novos produtos que venham a facilitar o desempenho de tarefas realizadas pelo idoso, consistiu em uma preocupação recorrente nos artigos selecionados. Dessa forma, o tema principal da presente pesquisa, que consiste na análise de como o assunto “Causas e Conseqüências de Quedas em Idosos e sua relação com a Percepção Ambiental” vem sendo debatido na última década na comunidade científica, foi tratado, nos trabalhos estudados no âmbito do desenvolvimento de novas tecnologias de design para a terceira idade, que minimizem o risco de quedas, centradas nos aspectos materiais e físicos e não especificamente na percepção do idoso.

Os objetivos das pesquisas giraram em torno de índices de quedas, Informação sobre as capacidades funcionais, mobilidade, habilidades e limitações para realizar determinadas tarefas em função das alterações das características biomecânicas, fisiológicas, psicológicas e mentais e principalmente, melhorar a qualidade de vida das pessoas idosas.

Essa última preocupação nota-se em todos os artigos.

É interessante observar o maior índice de experimentos entre os artigos encontrados, uma vez que em estudos pessoaambiente, esta metodologia não é muito utilizada. Uma das características normalmente apontadas da psicologia ambiental é o estudo dos seres humanos em seus contextos regulares de vida.

As pesquisadoras reconhecem a necessidade de ampliação da pesquisa para periódicos no âmbito de áreas como a Psicologia, a Biomecânica e mesmo a Sociologia, pois embora a pesquisa atual tenha envolvido dez anos nas áreas de Ergonomia, Design e Arquitetura, a relação Percepção de Idosos x Acidentes no Lar, tem sido pouco estudada.

O que se observa é que os artigos abordam questões técnicas e fisiológicas, não existindo uma preocupação maior com o aspecto cognitivo do envelhecimento, que investigue o problema da percepção dos idosos dentro do ambiente construído, através de uma análise ergonômica. Esse campo da ciência merece, pois, um estudo mais aprofundado que interligue as disciplinas Ergonomia e Percepção. Dessa forma, essa questão da percepção dos idosos na relação com o ambiente construído, parece não estar ainda bem resolvida, demandando uma atenção maior e mais específica.

5. REFERÊNCIAS Arking, R. (2008). Biologia do Envelhecimento. Ribeirão Preto, SP.: Funpec.

Daré, A. C. (2006). A Percepção dos Idosos do meio Ambiente Doméstico. Universidade Lusíada de Lisboa.

Gunther e Pinheiro. (2008). Métodos de Pesquisa nos Estudos Pessoa-Ambiente. São Paulo: AllBooks.

Okamoto,J. (2002). Percepção Ambiental e Comportamento. São Paulo, SP: Mackenzie.

Ornstein, S. W; Bruna, G. C. Romero, M. A.(1995). Ambiente construído e comportamento: a avaliação e a qualidade ambiental. São Paulo: Nobel, FAUUSP, FUPAM, Santos e Fialho. (1997) Manual de Análise Ergonômica do Trabalho. Curitiba: Gênesis.

Occupational Safety and HygieneInternational Symposium on

Inclusão de pessoas com incapacidades no trabalho: o caso de estudo do posto de trabalho do armador de ferro na construção no Brasil Including the people with disabilities at work: a case study of the job of steel fixer in civil construction in Brazil Martins, Lauraa, Guimarães, Brunob, Barkokébas, Bédac a Federal University of Pernambuco, Department of Design, Av. Prof. Moraes Rego, 1235, Cidade Universitária, 50670-901, Recife- PE, Brazil. laurabm@folha.rec.br;

b Federal University of Pernambuco, Department of Design, Av. Prof. Moraes Rego, 1235, Cidade Universitária, 50670Recife- PE, Brazil. bmguimaraes@hotmail.com;

c University of Pernambuco, Department of Civil Engeneering, Rua Benfica, 455, Bloco I – Madalena 50720-001 Recife, PE, Brazil. barkokebas@folha.rec.br

1. INTRODUÇÃO O Brasil, segundo dados do CENSO 2000, apresenta cerca de 14,5% da população, ou seja, 24,5 milhões de pessoas que possuem algum tipo de deficiência, dos quais, o percentual de mulheres é 53,6% (13,4 milhões) e os homens representam 46,4% (11,5 milhões) deste universo (IBGE, 2002).



Pages:     | 1 |   ...   | 82 | 83 || 85 | 86 |   ...   | 153 |


Similar works:

«Small ascii art facebook chat Small ascii art facebook chat tumbling e eye chart printable small ascii art facebook chatHalloween ascii art for Facebook statuses and timelines of a Ghost saying Boo!.. The spam van funny small ascii art for facebook.. | Spam Van “”|””\.Nov 23, 2015. My collection of text arts (also called ASCII art, or text pictures). Facebook and Myspace users like this stuff. Made, mostly, by unknown artists.Dec 14, 2011. Made specially for Facebook and MySpace...»

«Mesh Topology Identification for Mass-Spring Models G´rald Bianchi, Matthias Harders, and G´bor Sz´kely e a e Swiss Federal Institute of Technology Computer Vision Laboratory ETH Zentrum, CH-8092 Z¨rich, Switzerland u {bianchi,mharders,szekely}@vision.ee.ethz.ch Abstract. In surgical simulations, the two most popular approaches to model soft tissues are Finite Element Method (FEM) and Mass-Spring System (MSS). Main advantages of FEM are accuracy and realism. Furthermore, the model allows...»

«COMMENCEMENT INFORMATION   To Members of the Class of 1953: April 4, 2016 be welcoming you back to your alma mater this summer to celebrate your Before long, I will 60th Reunion. What a wonderful milestone! I look forward to the opportunity to personally welcome you back to Wellesley in June. It is always a treat to be able to experience Wellesley Dear Senior, of our alumnae during Reunion Weekend, and to learn about the ways in which through the eyes you and the College have—and have...»

«ENHANCE Enhancing ecosystem connectivity through intervention – benefits for nature and society? Final Report ENHANCE Enhancing ecosystem connectivity through intervention – benefits for nature and society? Final Report Swiss Federal Institue for Forest, Snow and Landscape Research WSL, Birmensdorf Contact Janine Bolliger Swiss Federal Institute for Forest, Snow and Landscape Research WSL Zürcherstrasse 111 8903 Birmensdorf Switzerland Recommended form of citation Swiss Federal Institute...»

«McGuire et al. EOS Megatsunami VOLCANO COLLAPSE-GENERATED MEGATSUNAMIS: FACT OR FICTION? Bill McGuire1, Simon Day1,2, Christopher Kilburn1, Steven N Ward2 Benfield UCL Hazard Research Centre, University College London, Gower Street, London WC1E 6BT, United Kingdom. Institute of Geophysics and Planetary Physics, University of California, Santa Cruz CA95064, United States. E-mail addresses: w.mcguire@ucl.ac.uk (corresponding author); simonday_ucl@yahoo.co.uk; c.kilburn@ucl.ac.uk;...»

«The Communicated Self Exploring the Interaction Between Self and Social Context GAIL E. COOVER University of Wisconsin SHEILA T. MURPHY University of Southern California – Los Angeles This study explored the influence of social identity and social context on achievement in a counterstereotypical domain. A group of 114 inner-city African American and Mexican American 12-year-old students completed Kuhn and McPartland’s (1954) 20-statement “Who Am I” questionnaire and Rosenberg’s...»

«Governor’s Marcellus Shale Advisory Commission Report 7/22/2011 Edwin Austin Abbey mural, State Capitol, Harrisburg TABLE OF CONTENTS Transmittal Letter from Lieutenant Governor Cawley to Governor Corbett Executive Summary Purpose, Scope & Next Steps Acknowledgement 1. Background on the Marcellus Shale Advisory Commission 2. Overview of the Commission Process and Deliberations 3. Geologic Background on the Marcellus Shale Natural Gas Field 3.1 A Brief History of Gas Production in the...»

«PWD (W.B.), Schedule of Rates GENERAL SPECIFICATIONS (INCLUDING MODES OF MEASUREMENT) (A) MATERIALS GENERAL: All materials to be used in works shall conform to Indian Standards Specification as published by B.I.S from time to time (and in the absence thereof as approved by the Engineer-in-Charge). Unless specifically mentioned otherwise the following modes of measurements shall be adopted. In general the mode of measurement of the civil engineering works shall be guided by I.S.I. Code No.:...»

«AQIP Category Seven, MEASURING EFFECTIVENESS examines how your organization collects, analyzes, distributes, and uses data, information, and knowledge to manage itself and to drive performance improvement. Processes (P) 7P1. How do you select, manage, and distribute data and performance information to support your instructional and non-instructional programs and services? 7P2. How do you select, manage, and distribute data and performance information to support your planning and improvement...»

«Brit.. Ophthal. (1970) 54, I86 Mechanisms of presentation of caroticocavernous fistulae EDWIN R. BICKERSTAFF Neurosurgery and Neurology, Smethwick The Midland CentreJor The clinical features of carotico-cavernous fistulae are too well known for detailed description to be necessary. The proptosis, chemosis, venous engorgement in and around the orbit, oculomotor palsy, pulsation of the globe, and the subjective and objective bruit over the orbit and forehead are familiar to all. It is perhaps...»

«AEROBICS AEROBIC E XERCISE R ECOMMENDATIONS TO OPTIMIZE B EST PRACTICES IN CARE AFTER S TROKE Marilyn Mackay-Lyons, Richard Macko, Janice Eng, Sandra Billinger, Charlene Hafer-Macko, Neville Suskin, Ada Tang, Nick Giacomantonio, Peter Prior, Marion Che, Alex Dromerick, Marianne Thornton, Robert Reid, Karen Unsworth, Christine LaGrand, Wanda Firth, Marion Che 2012-2013 AEROBICS Best Practice Recommendations Page 1 AEROBIC EXERCISE RECOMMENDATIONS TO OPTIMIZE BEST PRACTICES IN CARE AFTER STROKE...»

«This is a translation of the original Japanese document and is provided for informational purposes only. If there are any discrepancies between this and the original, the original Japanese document prevails. August 31, 2015 AEON MALL Co., Ltd. AEON CO., LTD. ~ Discover Your Own Style at Our Parks ~ Latest Concept Mall “AEON MALL Beijing Fengtai” Makes Grand Opening September 19 Aeon Mall Co., Ltd. (hereinafter “the Company”) opens Aeon Mall Beijing Fengtai (hereinafter “the...»





 
<<  HOME   |    CONTACTS
2016 www.theses.xlibx.info - Theses, dissertations, documentation

Materials of this site are available for review, all rights belong to their respective owners.
If you do not agree with the fact that your material is placed on this site, please, email us, we will within 1-2 business days delete him.