WWW.THESES.XLIBX.INFO
FREE ELECTRONIC LIBRARY - Theses, dissertations, documentation
 
<< HOME
CONTACTS



Pages:     | 1 |   ...   | 73 | 74 || 76 | 77 |   ...   | 153 |

«FICHA TÉCNICA Título Segurança e Higiene Ocupacionais - SHO 2012 - Livro de Resumos Autores/Editores Arezes, P., Baptista, J.S., Barroso, M.P., ...»

-- [ Page 75 ] --

Retrieved from http://www.hse.gov.uk/research/rrpdf/rr339.pdf http://corostrandberg.com/wp-content/uploads/files/CSR_and_HR_Management1.pdf http://www.consilium.europa.eu/treaty-of-lisbon.aspx?lang=ro Delimitação do ruído dos equipamentos de construção- Propagação e interferência Noise delimitation on civil construction equipments - Propagation and interference Lago, Eliane M Ga; Arezes, Pedrob; Barkokébas Jr., Bédaa a Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil, Núcleo de Segurança e Higiene do Trabalho, Escola Politécnica de Pernambuco, Universidade de Pernambuco, Rua Benfica, 455, Bloco C, 3. andar, Madalena, Recife /Pernambuco – Brasil. elianelsht@poli.br; bedalsht@poli.br; b Universidade do Minho, parezes@dps.uminho.pt

1. INTRODUÇÃO A sociedade urbana convive nos dias actuais com o agente físico ruído, em todos os segmentos do seu dia-a-dia. A Organização Mundial de Saúde - OMS (2011) reconhece que a poluição sonora (ruído) é a terceira principal causa dos problemas ambientais no Mundo, ficando apenas atrás da poluição do ar e da água. Reconhece ainda que o ruído pode perturbar o trabalho, o descanso, o sono e a comunicação entre os seres humanos, além de prejudicar a audição e causar ou provocar diversas reações psicológicas. O ser humano adapta-se facilmente a ambientes diversos. Nesse sentir, o cansaço, a fadiga o desânimo podem existir, sem que esses estados sejam percebidos. Pereira (2005) relata que o morador das grandes cidades convive dentro de uma atmosfera de ruídos, sofrendo a pressão de um turbilhão de sons, tanto nos momentos de lazer, como no ambiente de trabalho.

As legislações ambientais brasileiras, nos níveis federal, estadual e municipal, demonstram preocupação relativa à conservação do meio ambiente, tentando realizar controles das intervenções humana no ambiente.

A Constituição Federal Brasileira (1988), no seu artigo 225, prevê que “todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida, impondo-se ao Poder Público e à colectividade o dever de defendê-lo e preservá-lo para as presentes e futuras gerações” (Brasil,2011a).

Já a Lei Federal n. 9605 de 12 de Fevereiro de 1998, no seu artigo 60, dispõe que “construir, reformar, ampliar, instalar ou fazer funcionar, em qualquer parte do território nacional, estabelecimentos, obras ou serviços potencialmente poluidores, sem licença ou autorização dos órgãos ambientais competentes, ou contrariando as normas legais e regulamentares pertinentes” caracteriza infração com punição de detenção e multa (Brasil, 2011b).

O código do Meio Ambiente e do Equilíbrio Ecológico da cidade do Recife (Brasil, 2010c), capital do estado de Pernambuco, no nordeste do Brasil, cidade onde está sendo realizada a investigação, decorrente da Lei n. 16243 de 13 de Setembro de 1996 e publicada no Diário Oficial do Município em 13 e 14 de Setembro de 1996, prevê, em sua subsecção II – das emissão sonora determina em seu Art. 49 – A emissão de sons e ruídos, em decorrência de quaisquer actividades industriais, comerciais, sociais ou recreativas, inclusive as de propaganda, obedecerá ao interesse da saúde, da segurança e do sossego público e aos padrões estabelecidos nesta Lei.

Parágrafo Único - Estão sujeitas aos efeitos desta Lei, todas as actividades potencialmente geradoras de incómodo à vizinhança, tendo o ruído como natureza da incomodidade, relacionadas pela Lei de Uso e Ocupação do Solo e demais legislações municipais. De acordo com o apresentado, na maioria das cidades do mundo a legislação do ruído ambiental é dirigida para as actividades industriais, de lazer, dos diversos meios de transporte, porém na revisão bibliográfica, entretanto já realizada apenas dois países possuem legislação específica para o ruído ambiental emitido pelas construções. São eles os EUA (apenas a cidade de Nova York) e o Chile, onde se encontra em projeto uma regulamentação e avaliação desse ruído que, apesar de ser temporário, emite níveis que gera incomodidade à população.

A expansão urbana vertical pode ser observada em muitas cidades, não apenas nas grandes metrópoles nacionais e regionais, mas também nas cidades médias e até mesmo nas pequenas. Essa forma de expansão, denominada em geral de "verticalização", exprime um processo que se distingue fisionomicamente pela construção de edificações com diversos pavimentos e que implica em várias dimensões de interpretação ligadas a elementos da modernidade no espaço urbano.

Essa expansão contribui para o adensamento urbano, que significa uma intensificação do uso e da ocupação do solo (Martins, 2009). Cada vez mais as edificações verticais (residencial ou comerciais) se proliferarão. Os processos construtivos se modernizam, novas tecnologias de construções surgem e com elas novos equipamentos e máquinas agregando ruído ao ambiente e, em consequência, existam pessoas que habitam ou trabalham no entorno das novas construções. Maia (1999) aponta a actividade económica da Construção Civil no Brasil como uma alavanca para o desenvolvimento e crescimento, através do grande contingente de trabalhadores que emprega.

A construção civil brasileira deve registar uma expansão de 8,8% no PIB (Produto Interno Bruto) em 2010, após o crescimento de 1% em 2009, estima o SINDUSCON-SP (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo, 2011). Com isso o objetivo deste trabalho, que é parte integrante de uma investigação maior, foi mapear a propagação do ruído gerado pelo equipamento de bate estacas em uma obra de construção vertical urbana, determinando seu alcance e interferência.





Occupational Safety and HygieneInternational Symposium on

2. MATERIAIS E MÉTODO Este estudo está inserido dentro do projeto de tese de doutoramento da autora onde primeiro foi levantado bibliograficamente o tema aonde foi verificada a deficiência de estudos do ruído gerado pelos equipamentos de construção, em seguida optamos pela cidade do Recife – Pernambuco para realizar o estudo devido as suas características de construção. Para validar a metodologia do início da pesquisa, isto é, verificar se os parâmetros inicialmente indicados são necessários e para que fosse também possível delimitar a área amostral, foram iniciadas as medições pelo equipamento de construção denominado bate estacas do tipo pré-moldada, verificou-se então a escolha do estaleiro em uma área de médio tráfego (para que não houvesse muita interferência) durante as horas de trabalho do equipamento.

Como o estaleiro escolhido para o estudo piloto, iniciamos o projeto de quantificação do ruído emitido através do equipamento bate estaca do tipo pré- moldada, através da planta de locação do estaleiro foi possível visualizar os limites da propriedade e baseada na sua configuração foi determinada uma malha imaginária de pontos sobre um plano cartesiano, cujas coordenadas iniciais ficaram nos limites no terreno, e com uma malha espaçada de 10m, sendo realizadas medições em todos os pontos desta grade, tendo como limitações de medição do ruído os valores da legislação brasileira. Cada ponto coletado correspondeu a coordenadas cartesianas (x, y). Para a obtenção do Nível de Pressão Sonora (NPS), foi utilizado um sonômetro de ruído Quest Technologies n de série: QIE070075, munido de filtro de banda de oitava. Para a fase de geoprocessamento inicialmente foram extraídas imagens geradas pelo satélite NOAA através do software Google Earth, em seguia extraídas as coordenadas geográficas com o mesmo programa. Em um segundo momento foram realizados os tratamentos dos dados através do Software Surfer 8 da Golden Software, após a geração das isolinhas de propagação, foi realizado a compilação das informações através do software Auto CAD 2010 da Autodesk, gerando-se dessa forma os mapas de propagação do ruído. Foi também levantado o ruído de fundo no entorno do estaleiro.

3. RESULTADOS E DISCUSSÃO Foi realizado o mapeamento do ruído gerado pelo bate estacas em um estaleiro, com isso pode-se traças as curvas de propagação do ruído, e determinar as áreas de influências do equipamento, classificando assim a área de risco.

Depois do levantamento, os dados coletados alimentaram o software, que realizou automaticamente as interpolações da grade tendo como resultado final o gráfico, ou seja, o mapeamento do ruído da área. Observou-se então que a variação dos níveis sonoros estavam entre 60 e 110 dB(A). Foi medido o ruído das vias de tráfego (ruído de fundo) no entorno do estaleiro, pois o tráfego local apesar não ser intenso durante o período de trabalho. Foi traçado então através do software utilizado (SURF 8) as isolinhas a partir do mapeamento sonoro. O plano cartesiano foi definido nos limites do estaleiro.

Pode-se verificar no mapeamento o alcance do ruído, o ruído das vias no entorno e as barreiras existentes.

Figure 1 – Mapa da quadra e do estaleiro

4. CONCLUSÃO Evidenciou-se neste estudo que teve por meta mapear a propagação do ruído gerado pelo equipamento de bate estacas em uma obra de construção vertical urbana, que através do mapeamento sonoro obtemos uma ferramenta com informações que podem auxiliar os gestores a planejar os estaleiros dentro da legislação e melhoria das condições de trabalho, bem como mitigar as interferências que podem ocorrer na vizinhança. O mapeamento permite fazer a simulação de cenários do local aonde será colocado o equipamento e sua propagação, observando seu comportamento.

Desta forma, a ferramenta utilizada pode ser introduzida para o levantamento do ruído gerado pelos equipamentos de construção e os possíveis estudos de incomodidade na vizinhança no entorno das obras de construção verticais urbanas.

5. REFERÊNCIAS

Brasil. (2011a) Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Consultado em 25.05.2010, disponível em:

www.planalto.gov.br/ccivi_03/constituicao.

Brasil. (2011b) Lei 9.605 de 12 de fevereiro de 1998. Dispõe sobre as sanções penais e administrativas derivadas de condutas e atividades lesivas ao meio ambiente, e dá outras providências. Consultado em 25.05.2010, disponível em: www.planalto.gov.br.

Brasil. (2011c). Lei N° 16.243 de 13 de Setembro de 1996. Código do Meio Ambiente e do Equilíbrio Ecológico da cidade do Recife.

Publicada no Diário Oficial do Municipio em 13 e 14 de Setembro de 1996.Consultado em 03.05.2010, disponível em:

www.recife.pe.gov.br/pr/leis/1624396.doc.

Cámara Chilena de la Construcción A.G “Anteproyecto Norma de Ruidos a la Construcción: Alcances y Observaciones” consultado em: 23.02.2010, disponível em : www.camaraconstruccion.cl.

Decreto Lei n° 251/87 de 24 de junho (1987). Regulamento geral sobre o Ruído. Diário da República.

Decreto Lei n° 292/00 de 14 de março (2000). Regime Legal sobre a Poluição Sonora. Diário da República.

Directiva Comunitária n.º 2002/49/CE, de 25 de Junho (2002). Relativa à avaliação e gestão do ruído ambiente, Jornal Oficial das Comunidades Européias.

Lei n. 113 (2005) da cidade de New York. To ameng the administrative code of the city of New York, in relation to he noise control code and the repeal of subchapters 4,5 and 6 chapter 2 of title 24 of such code.

Martins, Priscila Celeste (2009). A verticalização em Calatão (GO): os condomínios residenciais (1975 a 2005)., Proceedings from: XI

EREGEO – Simpósio Regional de Geografia, 04 a 07 de setembro, Jataí – GOIÁS, Brasil. Consultado em: 14.06.2010, disponível em:

http://www.eregeo.agbjatai.org/anais/index.html.

Maia, Paulo Alves. (1999). O ruído nas obras de construção civil e o risco de surdez ocupacional. Dissertação Mestrado, Universidade –

de Campinas UNICAMP, São Paulo, 153p. Consultado em: 13.05.2010, disponível em:

http://www.fundacentro.gov.br/dominios/CTN/anexos/teses.

NBR 10151 (2000) Norma Brasileira Regulamentadora - Acústica-Avaliação do ruído em áreas habitadas visando o conforto da comunidade – Procedimento – Brasil.

NBR 10152 (1992) Norma Brasileira Regulamentadora - Nível de Ruído para Conforto Acústico – Brasil.

Norma Portuguesa – NP 4476 – 2008 – Acústica Avaliação da incomodidade devido ao ruído por meio de inquéritos sociais e sócios acústicos.

Organização Mundial de Saúde (OMS/WHO). Saúde. Consultado em 14.08.2011, disponível em:

http://www.euro.who.int/healthsystems/Conferen.

SINDUSCON_SP - Sindicato da Construção Civil do estado de São Paulo, consultado em: 05.07.2011, disponível em:

http://www.sindusconsp.com.br/ com.br.

Occupational Safety and HygieneInternational Symposium on

Avaliação dos parâmetros físicos do trabalhador rural Evaluation of physical parameters of rural workers Lago, Eliane M Ga; Barkokébas Jr., Bédaa; Martins, Ana Rosa Bezerraa a Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil, Núcleo de Segurança e Higiene do Trabalho, Escola Politécnica de Pernambuco, Universidade de Pernambuco, Rua Benfica, 455, Bloco C, 3. andar, Madalena, Recife /Pernambuco – Brasil.

elianelsht@poli.br; bedalsht@poli.br, Ana_rosamartins@hotmail.com



Pages:     | 1 |   ...   | 73 | 74 || 76 | 77 |   ...   | 153 |


Similar works:

«J Educ Change (2010) 11:45–61 DOI 10.1007/s10833-008-9098-2 Rethinking accountability in a knowledge society Pasi Sahlberg Published online: 20 November 2008 Ó Springer Science+Business Media B.V. 2008 Abstract Competition between schools combined with test-based accountability to hold schools accountable for predetermined knowledge standards have become a common solution in educational change efforts to improve the performance of educational systems around the world. This is happening as...»

«A Lover's Complaint William Shakespeare Author : Poems Category : mrushing October 2009 Submit by : Read this on Full Online Books Link : www.fullonlinebooks.com Source : From off a hill whose concave womb re-worded A plaintful story from a sistering vale, My spirits to attend this double voice accorded, And down I laid to list the sad-tun'd tale; Ere long espied a fickle maid full pale, Tearing of papers, breaking rings a-twain, Storming her world with sorrow's wind and rain. Upon her head a...»

«User Guide © Copyright 2012 Hewlett-Packard Product notice Software terms Development Company, L.P. This guide describes features that are By installing, copying, downloading, or Bluetooth is a trademark owned by its common to most models. Some features otherwise using any software product proprietor and used by Hewlett-Packard may not be available on your computer. preinstalled on this computer, you agree to Company under license. Intel is a be bound by the terms of the HP End User trademark...»

«Dell™ PowerEdge™ C1100 Getting Started With Your System Guide de mise en route Primeiros passos com o sistema Procedimientos iniciales con el sistema Dell™ PowerEdge™ C1100 Getting Started With Your System Regulatory Model CS24-TY Notes, Cautions, and Warnings NOTE: A NOTE indicates important information that helps you make better use of your computer. CAUTION: A CAUTION indicates potential damage to hardware or loss of data if instructions are not followed. WARNING: A WARNING indicates...»

«Fun With Frames: Exploring Metacommunication and Real Media Frames in South Park’s Fake News Daron B. Williams Thesis submitted to the faculty of Virginia Polytechnic Institute and State University in partial fulfillment of requirements for the degree of Master of Arts In Communication John C. Tedesco, Chair and Advisor Beth M. Waggenspack, Committee Member Robert E. Denton, Jr., Committee Member May 6, 2009 Blacksburg, Virginia Keywords: Framing, Metacommunication, Generic Frames,...»

«PO Box 28266, Chattanooga, TN 37424 comeandreason.com topics@comeandreason.com Rebellion and Redemption 1Q 2016 Lesson 3 In last week’s lesson we ended right before we got to a point that I think is worthy of our spending a moment to discuss. In the fourth paragraph of Lesson Two THURSDAY’s lesson it states: ―There had to be another way to ensure the future of the human race. So, God provided an animal sacrifice to point to the Savior. (Gen 3:21)‖ Did anything strike you as questionable...»

«Bestemmingsplan RUSTVENSEWEG 2, REEK 13-10-2014 NL.IMRO. Colofon Rapport: Bestemmingsplan vergroten van het bouwvlak en bouwmogelijkheden ten behoeve van De Molen Banden, Rustvenseweg 2 te Reek Rapportnummer: 3255BS0314 Status: Definitief Datum: Oktober 2014 Opdrachtnemer G&O Consult Postbus 12 Burgemeester Wijtvlietlaan 1 5845 ZG Sint Anthonis 5764 PD De Rips www.go-consult.nl Contactpersoon Drs. S. de Crom Adviseur ruimtelijke ontwikkeling 0493 – 597 505 sdecrom@go-consult.nl © Oktober...»

«DOCUMENT RESUME SO 001 151 ED 049 985 A Critical Guide to Curriculum Units and TITLE Audio-Visual Materials on China. National Committee on United States-China Relations, INSTITUTION New Ycrk, N.Y. PUB DATE 69 NOTE 38p. National Committee on United States-China Relations, AVAILABLE FRCM Inc., 777 United Nations Plaza 9B, New York, New York 10017 ($.50; Quantity Discounts) EDRS Price MF-$0.65 HC-$3.29 ELRS PRICE Annotated Bibliographies, *Area Studies, Audiovisual LESCRIPTORS Aids, *Cross...»

«Case: 12-1264 Document: 133 Page: 1 07/09/2012 658208 34 12-1264(L) 12-1272(CON) United States Court of Appeals FOR THE SECOND CIRCUIT Docket Nos. 12-1264(L), 12-1272(CON) JPMORGAN CHASE BANK, N.A., CITIBANK, N.A., ROYAL BANK OF SCOTLAND N.V., FKA ABN AMRO BANK N.V., BANK OF AMERICA CORPORATION, UBS AG, BANK OF AMERICA N.A., Defendants-Garnishees-Third-Party-Plaintiffs-Appellees, (caption continued on inside cover) ON APPEAL UNITED STATES DISTRICT COURT FROM THE SOUTHERN DISTRICT OF NEW YORK...»

«CONSTRUCTION TRAFFIC MANAGEMENT PLAN IN SUPPORT OF THE PROPOSED ERECTION OF A SINGLE WIND TURBINE WITH MAXIMUM BLADE TIP HEIGHT OF 67M, FORMATION OF NEW VEHICULAR ACCESS, ACCESS TRACK AND ASSOCIATED INFRASTRUCTURE ON LAND AT BRIDGEMOOR, MILLBROOK, CORNWALL September 2015 Prepared By Project Quality Control Sheet ORIGINAL Author Checked by Approved by Signature Date 03/09/2015 08/09/2015 10/09/2015 Company Aardvark EM Ltd Aardvark EM Ltd Aardvark EM Ltd Location: Land at Bridgemoor, Millbrook,...»

«WIN, PLACE & SHOW 3M 1966 WIN, PLACE & SHOW admits the player to the fascinating field of horse racing as an owner, handicapper and jockey. Each player receives $50,000 which he uses according to his own strategy to buy good horses in the auction before each race and to make bets based on the various racing qualities of the horses. As an owner, the player may collect the purses won by his horses. As a jockey, he must make all decisions as to lane and space selection for his horse; strategic,...»

«BAYESIAN CONVERGENCE TO THE TRUTH AND THE METAPHYSICS OF POSSIBLE WORLDS SIMON M. HUTTEGGER Abstract. Belot (2013) argues that Bayesians are epistemologically flawed because they believe with probability one that they will learn the truth about observational propositions in the limit. While Belot’s considerations suggest that this result should be interpreted with some care, the concerns he raises can largely be defused by putting convergence to the truth in the context of learning from an...»





 
<<  HOME   |    CONTACTS
2016 www.theses.xlibx.info - Theses, dissertations, documentation

Materials of this site are available for review, all rights belong to their respective owners.
If you do not agree with the fact that your material is placed on this site, please, email us, we will within 1-2 business days delete him.