WWW.THESES.XLIBX.INFO
FREE ELECTRONIC LIBRARY - Theses, dissertations, documentation
 
<< HOME
CONTACTS



Pages:     | 1 |   ...   | 13 | 14 || 16 | 17 |   ...   | 153 |

«FICHA TÉCNICA Título Segurança e Higiene Ocupacionais - SHO 2012 - Livro de Resumos Autores/Editores Arezes, P., Baptista, J.S., Barroso, M.P., ...»

-- [ Page 15 ] --

Porém no que tange ao gênero, os dados da pesquisa se opõem ao que diz as pesquisa. Segundo autores, as mulheres são as mais atingidas, prevalecendo à faixa etária de 20 a 39 anos. Entretanto, na amostra estudada houve prevalência de 100% no gênero masculino (WALSH et al., 2004). Nesse sentido, a função exercida pelos indivíduos da amostra pode justificar esse resultado, pois de acordo com Coury et al., (2002), o número de acometimento em mulheres pode relacionar- se mais ao tipo de atividade realizada do que ao gênero, já que as mulheres realizam tarefas (de riscos) diferentes das realizadas pelos homens. Outro fator preponderante na pesquisa foi o fato de mais da metade da população apresentar IMC entre 26 e 30. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), essa faixa é classificada como sobrepeso e acima de 30 já é tido como obesidade de grau I. Autores mostram que a obesidade é tida como fator de risco para perda da capacidade para o trabalho. O excesso de peso exerce impacto negativo por afetar a capacidade cardiorrespiratória e musculoesquelética e favorecendo o aumento da morbidade por doenças crônicas.

A tabela 01 mostra os ganhos de um grupo para cada movimento ao final da intervenção. Observou-se que no G2, os movimentos de flexão, abdução, rotação externa e interna apresentaram-se, aparentemente, melhores resultados que na intervenção do grupo G1. Já no G1, a extensão e adução horizontal foram os movimentos que apontaram maiores ganhos em relação ao G2.

–  –  –

A tabela 02 mostra a comparação das médias dos índices de dor relatados pelos participantes. Essas médias foram comparadas dentro de cada grupo para verificar se o tratamento proposto surtiu efeito na redução álgica dos participantes seguido da comparação da média após a execução dos protocolos entre os grupos estudados. Verifica-se que ambos os protocolos foram eficazes para redução álgica imediata dos pacientes sendo que o protocolo convencional associado à mobilização neural mostrou uma redução álgica mais expressiva.

–  –  –

Na literatura vários estudos apontam para uma eficácia da mobilização neural na restauração da ADM. O aumento da flexibilidade quando utilizada a mobilização neural está relacionado à restauração do movimento e à elasticidade do sistema nervoso, promovendo, assim, o retorno às suas funções normais. Fonteque et al. (2005), compararam a mobilização do sistema nervoso com o alongamento passivo e constataram a maior eficácia da mobilização neural no ganho de amplitude de

Occupational Safety and HygieneInternational Symposium on

movimento do quadril em relação ao alongamento passivo. No estudo de Santos e Domingues (2008), foi verificado que a mobilização neural aumentou em média 22,5% da ADM para o movimento de flexão de quadril. Em concordância com os achados na literatura, o presente estudo mostrou ganhos da ADM para os movimentos de Flexão, abdução, rotação interna e externa. Entretanto, nota-se que o ganho foi menor em relação ao reportado na literatura e este fato pode está ligado à cronicidade do processo patológico em que se encontrava o ombro dos participantes. Na cronicidade de um evento patológico com nexo causal para as atividades laborativas é comum a alteração morfológica das estruturas articulares e a mobilização neural não tem efeito na redução dos mesmos, sua atuação fica na interface mecânica permitindo que nesta aconteça uma melhora no deslizamento do nervo o que reduz a dor e consequentemente aumenta a ADM.

Os dados obtidos neste estudo corroboram com os da literatura, evidenciando a eficiência da mobilização neural como instrumento de redução do quadro álgico quando comparado com o tratamento convencional (tabela 02). Em estudo realizado com 26 pacientes com idades entre 21 e 72 anos foi utilizado a mobilização neural e foram obtidos melhoras significativas no quadro álgico. Nos estudos de Coppieters et al. (2003) com 20 pacientes apresentando cervicobraquialgia, foi feita a mobilização neural e se obteve melhoras significativas. As evidências são justificáveis devido capacidade da mobilização neural restaurar o fluxo axoplasmático, buscando uma melhor vascularização e oxigenação das estruturas envolvidas, revertendo as alterações mecânicas e fisiológicas devolvendo às estruturas nervosas a função, restaurando a condutibilidade elétrica, inibindo a passagem nociceptiva de aferência, fechando as comportas de dor e melhorando a vascularização (LOPES, 2010).

4. CONCLUSÕES As duas formas de intervenção utilizadas mostraram-se melhoras aparentes na amlittude de movimnto do portador de bursite crônica. Apesar das poucas evidências clínicas, e embora as duas formas de intervenção terem reduzidos os quadros álgicos, a mobilização neural mostrou-se superior na redução da do rem relação ao tratamento convencional. A dor crônica possui um aspecto neurogênico e diante de protocolos em que se associam técnicas que visam à liberação do nervo tal qual a mobilização neural parece ser mais efetiva no combate a intensidade a dor e diminuição da incapacidade física.

5. REFERÊNCIAS Brandao, A.G.; Horta, B.L.; Tomasi, E. (2005). Sintomas de distúrbios osteomusculares em bancários de Pelotas e região: prevalência e fatores associados. Rev. bras. epidemiol., 8 (3). Retrieved September 23, 2010, from http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415790X2005000300011&lng=pt&nrm=iso.





Coppieters, et al. (2003). The Immediate effects of a cervical lateral glide treatment technique in patients with neurogenic cervicobrachial pain. Journal of Orthopaedic and Sports Physical Therapy, 33(7), 369-378.

Coury, H.J.C.G.; Walsh, I.A.; Alem, M.; Oishi, J. (2002). Influence of gender on work-related musculoskeletal disorders in repetitive tasks. Int J Ind Erg, 29, 33-39.

Ekstrom, R.;A.; Holden, K. (2002). Examination of and Intervention for a Patient With Chronic Lateral Elbow Pain With Signs of Nerve Entrapment. Physical Therapy. 82, 1077-1086. Retrieved October 30, 2010, from http://www.ptjournal.org/cgi/reprint/82/11/1077?maxtoshow=&HITS=10&hits=10&RESLFORMAT=&fulltext=tension+and+neural+ and+adverse&searchid=1&FIRSTINDEX=0&ortspec=relevance&resourcetype=HWCIT.

Santos, C.F.; Domingues, C.A. (2008). Avaliação pré e pós mobilização neural para ganho de ADM em flexão do quadril por meio do alongamento dos ísquios tibiais. ConScientiae Saúde 7(4), 487-495.

Walsh, I.A.P.; Corral, S.; Franco, R.N.; Canetti, E.E.F.; Alem, M.E.R.; Coury, H.J.C.G. (2004). Capacidade para o trabalho em indivíduos com lesões músculo-esqueléticas crônicas. Rev Saúde Pública, 38(2), 149-156.

Efeito do desajustamento das dimensões do mobiliário escolar em relação às características morfológicas de adolescentes com diferentes níveis de maturação na prevalência de sintomas de dor músculo-esquelética na coluna vertebral Effect of typical school furniture and its miss-adjustment towards morphological adolescent characteristics within different maturation stages in the prevalence of back pain symptoms Assunção, Anaa, Carnide, Filomenab, Vieira, Filomenac, Silva, Sofiad, Araújo, Josée a,b,c,d,e

Faculdade de Motricidade Humana-Universidade Técnica de Lisboa, Cruz Quebrada, e-mail:

anassuncaoo@gmail.coma, fcarnide@fmh.utl.ptb, fvieira@fmh.utl.ptc, sofiamasilva@gmail.comd, simulakro@gmail.come

1. INTRODUÇÃO A elevada prevalência de raquialgias é um problema bastante comum nos adultos e, de acordo com estudos epidemiológicos a prevalência destas patologias em crianças e adolescentes durante a idade escolar tem vindo a aumentar. Adicionalmente existe uma evidência crescente que a experiencia de dor nestas idades poderá ser um possível factor de risco para a ocorrência de dor na idade adulta (Brattberg, 2004; Feldman, Shrier, Rossignol, & Abenhaim, 2001; Harreby, Neergaard, Hesselsoe, & Kjer, 1995; Hestbaek, Leboeuf-Yde, Kyvik, & Manniche, 2006; Hong & Brueggemann, 2000; Salminen, Erkintalo, Pentti, Oksanen, & Kormano, 1999).

A preocupação com este “fenómeno” não é recente, tendo merecido da comunidade científica investigação bastante sobre a sua origem, respectiva evolução e identificação dos seus determinantes. Efectivamente, as crianças estão expostas a factores de risco específicos, diferentes dos adultos, mas que, por sua vez, têm também efeitos nocivos para a sua saúde músculo-esquelética. A idade, as lesões agudas da coluna vertebral, a história clínica familiar, a assimetria do tronco, o rápido incremento em altura, os períodos de tempo dispendidos a ver televisão, o género feminino, as condições emocionais e o stress estão positivamente associados aos problemas músculo-esqueléticos nas crianças em idade escolar.

Contudo, o estudo dos factores de risco deve ir mais longe e estudar o “ambiente de trabalho” das crianças e adolescentes: a escola.

Não obstante, o ambiente escolar tem merecido pouca atenção, sendo contudo neste contexto que as crianças passam grande parte do seu dia e permanecem longos períodos na posição de sentada. Assim, as crianças em idade escolar estão especialmente predispostas a experienciarem as consequências de um mobiliário desadequado.

Neste sentido, foi objectivo desta investigação verificar qual o efeito do desajustamento das dimensões do mobiliário escolar em relação às características morfológicas de adolescentes com diferentes níveis de maturação na prevalência de sintomas músculo-esqueléticos na coluna vertebral.

2. MATERIAIS E MÉTODOS

2.1. Amostra O estudo envolveu alunos com idades entre os 12 e os 15 anos de duas escolas do Conselho de Oeiras. O número total de participantes foi 138 (72 rapazes e 66 raparigas), distribuídos do seguinte modo: 65 alunos do 7º ano, 39 alunos do 8ºano e 34 alunos do 9º ano. A idade décimal média dos alunos foi de 13,43±1,90 (anos) e o índice de massa corporal de 19,67±2,87 Kg/m2.

2.2. Métodos e Procedimentos A avaliação da dor nos três segmentos da coluna vertebral e as características das mochilas escolares foram avaliadas através de um questionário de auto-preenchimento.

A mochila escolar de cada aluno foi pesada no dia em que carregavam mais material. Todos os tipos de transporte foram considerados, assim como, os itens adicionais que transportavam. O peso da mochila foi obtido com uma balança digital QE-2003B. As medidas foram arredondadas às 100g.

A actividade física foi avaliada com recurso à acelerometria, através do acelerómetro Actigraph® GT1M. Os alunos utilizaram o instrumento durante sete dias consecutivos, sendo considerados como registos válidos se se apresentassem dois dias de semana e um dia de fim-de-semana, no mínimo com 10 horas diárias consecutivas de utilização.

As secretárias e as cadeiras foram medidas sem a presença dos alunos. As dimensões do mobiliário recolhidas foram:

altura do total do plano de trabalho, altura do bordo inferior do plano de trabalho, profundidade do plano de trabalho, comprimento do plano de trabalho, altura do assento, profundidade do assento, largura do assento, altura do bordo inferior do encosto, altura do bordo superior do encosto e largura do encosto.

As medidas antropométricas (estatura e massa corporal) foram recolhidas de acordo com os critérios da International Society for the Advancement of Kinanthropometry (ISAK) e as medidas ergonómicas (altura sentada, comprimento nádega-joelho, comprimento nádega-popliteu, largura das ancas, espaço livre da coxa, altura dos olhos, altura do ombro,

Occupational Safety and HygieneInternational Symposium on

altura do cotovelo e altura popliteia) foram obtidas de acordo com os critérios de Pheseant (Pheasant, 1996). Foi calculado o índice de massa corporal (=peso(kg)/altura(m) 2).

A determinação da idade óssea foi realizada de acordo com o método de Tanner-Whitehouse III (Tanner, 2001), através da análise da radiografia da mão e do pulso esquerdo.

2.3. Tratamento dos dados As principais variáveis resposta foram: cervicalgia, dorsalgia e lombalgia.

As relações entre as dimensões do mobiliário e as dimensões antropométricas dos alunos avaliados foram transformadas em novas variáveis, constituindo-se como variáveis independentes, a par dos parâmetros de actividade física e dos diferentes níveis maturacionais.

Para o tratamento dos dados foi realizada, numa primeira fase, uma análise descritiva para determinação dos parâmetros de tendência central (média, desvio padrão e mediana) para as variáveis contínuas e uma análise de frequências absoluta e relativa, de todas as variáveis nominais. A associação bivariada dos dados foi efectuada com recurso às técnicas estatísticas Qui-quadrado (para as variáveis nominais) e t-student (para as variáveis contínuas). No caso de não se ter observado uma distribuição normal ou a homogeneidade das variâncias (a partir dos testes Kolmogorov-Smirrnov e Levene, respectivamente) foi utilizada a técnica estatística não paramétrica Mann-Whitiney.

Para verificar a associação entre os factores individuais e de exposição mecânica e a prevalência de sintomas nos diferentes segmentos corporais considerados, foi utilizada a análise de regressão logística unifactorial -método Enter, para cada um dos factores estimadores do risco e uma análise de regressão logística multifactorial- método Backward Conditional, englobando como covariáveis, os factores que apresentaram associações estatisticamente significativas nos modelos anteriores. Foram calculados testes de significância e intervalos de confiança a partir da estimativa da probabilidade máxima dos coeficientes e seus erros padrão. Em cada modelo, as variáveis indicadoras policotómicas foram transformadas em variáveis “dummy” para o cálculo do Odds Ratio em relação à categoria de referência de cada uma destas variáveis.

Os dados recolhidos foram analisados no programa PASW® Statistics for Windows versão 18.0, 2009 (SPSS Inc., IBM Company, Chicago).



Pages:     | 1 |   ...   | 13 | 14 || 16 | 17 |   ...   | 153 |


Similar works:

«International Prospectus 242 LYGON ST, CARLTON, AUSTRALIA Phone: (613) 9663 3399 Fax: (613) 9663 3517 E-mail: enquiries@frontcookingschool.com.au Front Cooking School is a trading name of Acknowledge Education Pty Ltd ABN: 15 005 596 565 CRICOS PROVIDER NUMBER: 00197D RTO NUMBER 4112 P a g e |2 P a g e |3 TABLE OF CONTENTS Phone: (613) 9663 3399 Fax: (613) 9663 3517 E-mail: enquiries@frontcookingschool.com.au FRONT COOKING SCHOOL STUDYING IN AUSTRALIA AND THE ESOS FRAMEWORK POLICIES AND...»

«Case 6:14-cv-02068-CEM-DAB Document 25 Filed 11/17/15 Page 1 of 8 PageID 149 UNITED STATES DISTRICT COURT MIDDLE DISTRICT OF FLORIDA ORLANDO DIVISION CLAIRESE CLAUDET, Plaintiff, v. Case No: 6:14-cv-2068-Orl-41DAB FIRST FEDERAL CREDIT CONTROL, INC., Defendant. / ORDER THIS CAUSE is before the Court on Defendant’s Motion for Sanctions (Doc. 22), to which Plaintiff responded, (see Resp., Doc. 24). For the reasons set forth below, the motion will be denied, and counsel for Defendant will be...»

«Departamento de Formación formacion.iad.ctcd@juntadeandalucia.es DOCUMENTACIÓN Código curso 200823701 NUEVAS TENDENCIAS EN EL FITNESS: MATERIALES PEQUEÑOS Vibration & Balance *** ALEX MARTÍN Fisioterapeuta Sevilla 18 y 19 de septiembre de 2008 Vibration & Balance Sr. Alejandro Martín Fisioterapeuta de RFEC Especialidad en Actividad Física y Deportiva (TAFAD) Director de Centro de Rehabilitación FisioKines (Barcelona) Los efectos positivos del entrenamiento de vibración están...»

«Publication n°121 of the International Association of Hydrological Sciences Proceedings of the Anaheim Symposium, December 1976 PREDICTION OF METASTABLE SOIL COLLAPSE Jon L. Darwell and Bruce Denness, Ocean Engineering, School of Marine Technology, University of Newcastle upon Tyne and Bernard W. Conway, Institute of Geological Sciences, London, England. Abstract Many Pleistocene soils exhibit the characteristics of metastability, which is indicated by settlement caused by the addition of...»

«Unclear and Unconvincing: How a misunderstanding led to the heightened evidentiary requirement in patent litigation Lee Hollaar and John Knight School of Computing University of Utah May 20, 2007 version Copyright © 2006, 2007 Introduction On January 6, 2005, the Court of Appeals for the Federal Circuit issued what it must have considered an unremarkable decision because it was designated as “nonprecedential.”1 The primary issue on appeal in Teleflex v. KSR2 was whether the district court...»

«87 Will separating girls and boys help English teaching?JOHN KIRKMAN Director of English Context The achievement gap between girls and boys is widening. Last year, 26.5% of all girls’ entries to GCSE examinations received an A*, compared with just 19.8% for boys. This was the biggest gap since the exams were introduced. In the same year, 73.5% of all GCSE entries by girls scored C or higher, compared to 66% of boys. Naturally, the gap varies from subject to subject, with maths being a notable...»

«  COMMENT On the Decree on Access to the Administrative Documents of Public Authorities of Tunisia July 2011 ARTICLE 19 · Free Word Centre · 60 Farringdon Road · London EC1R 3GA · United Kingdom Tel +44 20 7324 2500 · Fax +44 20 7490 0566 · info@article19.org · http://www.article19.org SUMMARY OF RECOMMENDATIONS With this Comment, ARTICLE 19 seeks to make a constructive contribution to the process of democratic transition in Tunisia through building a culture of transparency, protecting...»

«NC Baptist Men presents Tapping The Spring “For whoever drinks the water I give him will never thirst. Indeed, the water I give him will become in him a spring of water welling up to eternal life.John 4:4 A Men’s Retreat Planning Resource TAPPING The Spring: A Men’s Retreat Planning Resource Introduction Identifying Purpose Forming Strategies Planning Promotion Lasting Results A Sample Retreat Schedule Resources Retreat Facilities in EASTERN NC Retreat Facilities in WESTERN NC...»

«Reformed Thought Selected Writings of William Young $ Reformed Thought Selected Writings of William Young $ edited by Joel R. Beeke and Ray B. Lanning introduced by Paul Helm Reformation Heritage Books Grand Rapids, Michigan Reformed Thought: Selected Writings of William Young Copyright © 2011 William Young All rights reserved. No part of this book may be used or reproduced in any manner whatsoever without written permission except in the case of brief quotations embodied in critical articles...»

«FOR IMMEDIATE RELEASE CONTACT: Andrea Wolschleger | Public Relations Manager | 616-975-3155 | awolschleger@meijergardens.org FREDERIK MEIJER GARDENS & SCULPTURE PARK ADDS JAPANESE GARDEN TO COLLECTION International garden in Japanese tradition combines horticulture and sculpture GRAND RAPIDS, Mich., — February 15, 2012 —Frederik Meijer Gardens & Sculpture Park, one of the nation’s most significant botanic and sculpture experiences, announces plans for The Richard and Helen DeVos Japanese...»

«National Standards for the Provision of Children’s Advocacy Services November 2002 National Standards for the Provision of Children’s Advocacy Services November 2002 Being on the sidelines of my own life Reflecting back to the time that I first came into care, I remember feeling completely lost. As a child in a family home, I had some degree of rights. The family unit protected me; I had to be listened to. I entered the system between the ages of 5 and 6 years old. From then I felt like a...»

«A Safe Start for All: The Tasmanian Aboriginal Safe from the Start Project Final Report Dr Angela Spinney Swinburne Institute for Social Research Swinburne University of Technology for The Salvation Army Tasmania September 2013 Contents Glossary Acknowledgements Executive Summary Chapter One – Introduction 1.1 Introduction 1.2 The development of Safe from the Start 1.3 The research process of the original Safe from the Start project 1.4 Conclusion Chapter Two – The context of, and need for,...»





 
<<  HOME   |    CONTACTS
2016 www.theses.xlibx.info - Theses, dissertations, documentation

Materials of this site are available for review, all rights belong to their respective owners.
If you do not agree with the fact that your material is placed on this site, please, email us, we will within 1-2 business days delete him.