WWW.THESES.XLIBX.INFO
FREE ELECTRONIC LIBRARY - Theses, dissertations, documentation
 
<< HOME
CONTACTS



Pages:     | 1 |   ...   | 100 | 101 || 103 | 104 |   ...   | 153 |

«FICHA TÉCNICA Título Segurança e Higiene Ocupacionais - SHO 2012 - Livro de Resumos Autores/Editores Arezes, P., Baptista, J.S., Barroso, M.P., ...»

-- [ Page 102 ] --

Alexander, D. (2005). An interpretation of disaster in terms of changes in culture, society and international relations. In R.W. Perry;

E.L. Quarantelli (Eds.) – What is a disaster? New answers to old questions, (pp. 25-38) Philadelphia, PA: Xlibris.

Bourrier, M. (2005). An interview with Karlene Roberts. European Management Journal, 23(1), 93-97.

Cooper, D. (2001). Treating safety as a value. Safety Management, February 2001, 17-21.

Hutchins, H.M. (2008). What does HRD know about organizational crisis management? Not enough! Read on. Advances in Developing Human Resources, 10(3), 299-309.

Jacinto, C & Aspinwall, E. (2004). A survey on occupational accidents’ reporting and registration systems in the European Union.

Safety Science, 42, 933-960.

MacPhail, L.H. & Edmondson, A.C. (2011). Learning domains: the importance of work context in organizational learning from error, In D.A. Hofman; M. Frese (Eds.) – Errors in organizations, (pp. 177-198) New York: Routledge.

Miguel, A.S. (2010). Manual de higiene e segurança do trabalho, Porto: Porto Editora.

Muñiz, B.F.; Peón, J.M.M. & Ordás, C.J.V. (2005). Antecedentes del comportamiento del trabajador ante el riesgo laboral: Un modelo de cultura positiva hacia la seguridad. Revista de Psicología del Trabajo y de las Organizaciones, 21(3), 207-234.

Weick, K.; Sutcliffe, K. & Obstfeld, D. (1999). Organizing for high reliability: processes of collective mindfulness. Research in Organizational Behavior, 21, 81-123.

Weick, K. & Sutcliffe, K. (2007). Managing the unexpected: Resilience performance in an age of uncertainty. San Francisco: John Wiley & Sons.

Riscos de Incêndio numa Fábrica de Estofos para Automóvel e as suas Consequências para o Meio Ambiente Fire Risk in a Car Seat Factory and its consequences for the Environment Paiva, Sara C. a, Rodrigues, João P. b & Arezes, P. c a Departamento de Engenharia Civil da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, Portugal, email: saracarolinapaiva@hotmail.com; b Departamento de Engenharia Civil da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, Portugal, e-mail: jpaulocr@dec.uc.pt & c Departamento de Produção e Sistemas da Escola de Engenharia da Universidade do Minho, e-mail: parezes@dps.uminho.pt

1. INTRODUÇÃO A indústria automóvel é um sector industrial com um papel muito relevante nas economias. A mobilidade das pessoas e dos bens deve-se em grande parte ao automóvel sendo esta indústria uma das mais importantes. A indústria automóvel em Portugal tem algumas décadas, nas quais se foi observando a evolução a nível de qualidade e da tecnologia, acompanhando assim a evolução ao ponto de se tornar muito dinâmica e competitiva. Quanto mais dinâmica e quanto mais tecnológica se torna uma indústria maior se tornam os riscos associados a ela.

O risco de incêndio constitui a principal e mais frequente ameaça para o património e para a continuidade das empresas.

Sendo assim, o conhecimento do nível de risco é crucial para decidir as medidas de segurança que se devem aplicar.

Existem métodos de avaliação de risco de ocorrência e propagação de incêndio, para verificar a segurança da vida e do património (Januário, 2008).

A análise de riscos feita a um processo, posto de trabalho ou uma instalação é um procedimento importante para se obter o conhecimento sólido da segurança desse sistema e também para se aumentar o nível de segurança. É de extrema importância ter conhecimento sobre o nível de risco de incêndio para se decidir as medidas de segurança a adoptar (Lemos e Neves, 1987).

Para além dos riscos para a indústria, temos ainda os riscos ambientais que podem resultar dos efluentes que são expulsos, do derrame de substâncias perigosas ou de incêndios ocorridos na indústria. Estes riscos têm sido por vezes negligenciados. A estratégia nacional e comunitária no que respeita aos resíduos em geral aponta para o desenvolvimento sustentável, ou seja, a Gestão de Resíduos deve proporcionar uma elevada Protecção do Ambiente, sem que isso afecte o desenvolvimento social e industrial. As empresas passaram a adoptar práticas ambientais sustentáveis como uma vantagem competitiva e assim as questões ambientais assumem uma grande importância na gestão das empresas. A implementação de um sistema de gestão ambiental (SGA) torna-se uma grande ajuda para as empresas no que diz respeito ao controlo de potenciais impactes ambientais, tornando-se assim num papel importante para o sucesso ambiental de uma empresa (Kraemer, 2006).

O caso de estudo que está a ser analisado é uma fábrica de estofos de bancos de automóveis, da Faurecia, localizada em Nelas, Portugal. A produção é feita em três linhas de montagem, caracteriza-se por ser um trabalho predominantemente manual e repetitivo com uso de algumas ferramentas. O edifício tem apenas um piso que se encontra dividido em várias áreas, sendo a área total de 21 611m2. Existem áreas de armazenamento de matérias-primas e de produto acabado, áreas de produção, áreas de apoio técnico e social e áreas técnicas, sendo uma delas respeitantes aos sistemas de bombagem para a extinção de incêndio.

2. MÉTODOS Os métodos de avaliação de risco têm como objectivo avaliar a probabilidade de ocorrência das distintas formas possíveis de iniciar a sequência de acontecimentos que dão origem ao acidente e a intensidade do sucesso negativo (severidade) e como este pode afectar os bens e as pessoas (vulnerabilidade). Podemos diferenciar os métodos de avaliação de risco de incêndio como sendo semi-quantitativos, onde temos por exemplo o Método de Gretener e o FRAME, qualitativos como o método Hierárquico, e quantitativos como o Building Fire Safety Evalution Method e o método árvore de acontecimentos (Ferreira, 2010).





O Método de Gretener é um método que permite considerar factores de perigo essenciais e também definir as medidas necessárias para cobrir o risco. O método é aplicado nos compartimentos do edifício em causa, podendo, se a resistência ao fogo da compartimentação interior for inferior a 30min, ser aplicado ao edifício como um todo. Oferece um risco de incêndio bastante completo, com um valor que permite identificar se o risco na instalação é aceitável ou não, obrigando no caso de não ser aceitável, refazer os cálculos considerando novas medidas de segurança que reduzam o risco. Este método é baseado na comparação do risco potencial de incêndio efectivo com o valor do risco potencial aceitável. Se o risco real não for superior ao risco aceitável, a segurança contra incêndio é suficiente. Quando a segurança contra incêndio for insuficiente deve-se fazer um novo cenário onde se deverão instalar mais medidas de protecção ao edifício que poderão ir desde a colocação de mais extintores, sistemas de detecção extinção de incêndios, passando pela formação das pessoas que utilizam ou trabalham no edifício.

Occupational Safety and HygieneInternational Symposium on

O FRAME é um método muito completo, transparente e prático que se pode utilizar para o cálculo do risco de incêndio em edifícios. Permite examinar as construções existentes ou futuras, sob o ângulo de perigo de incêndio e as medidas de protecção adequadas a prescrever ou a recomendar (Smet, 2008).

Este método procura a protecção do património e das actividades, permite julgar de maneira uniforme diferentes casos, constitui um guia prático para examinar os riscos e conceitos de protecção e ajuda a comparar soluções alternativas.

Calcula o risco de incêndios em edifícios para o património para as pessoas e para as actividades.

3. RESULTADOS E DISCUSSÃO Neste caso de estudo, uma fábrica de estofos de bancos de automóveis, foram aplicados dois métodos de análise de risco de incêndio, o Método Gretener e o FRAME. O FRAME fez a avaliação da segurança das pessoas ao contrário do Método de Gretener que pressupõe que as pessoas estão em segurança e não dá importância à compartimentação, iluminação e sinalização de segurança nos caminhos de evacuação, número de saídas suplementares e mobilidade das pessoas. O FRAME tem também em consideração as disposições que protegem os pontos nevrálgicos da actividade e das medidas organizacionais que permitem a retoma rápida das actividades, eventualmente noutro local. Ambos os métodos dão muita importância à disponibilidade de água e cobertura total dos compartimentos por uma rede de sprinklers. Esta fábrica exceptuando o armazém de armazenamento de matérias-primas não apresentava um risco de incêndio muito elevado podendo considerar-se bem protegida a este nível estando dotada de sistemas de sprinklers.

A gestão ambiental é a forma pela qual a organização se mobiliza, tanto interna como externamente com o objectivo de obter a qualidade ambiental que se deseja. Consiste num conjunto de medidas que visam ter um controle sobre o impacte ambiental de uma actividade trazendo vantagens para o meio ambiente, reduzindo o impacte ambiental e para a organização. Estas vantagens resultam da definição de regras para a realização de operações que tenham impacte no meio ambiente obtendo-se assim um risco ambiental reduzido da actividade. Uma das vantagens para a empresa é a boa imagem que ela traduz para sociedade, onde o marketing tem um papel fundamental (Kraemer, 2006). Muitas empresas perdem anualmente, ao produzirem resíduos e gastam ainda muito mais para os limpar. Assim, o uso de ferramentas de gestão ambiental que possam proporcionar o desenvolvimento e o uso de técnicas limpas bem como a melhoria continua dos processos produtivos trazem uma maior eficiência e competitividade à empresa.

4. CONCLUSÃO Com a crescente evolução tecnológica nas unidades industriais cada vez mais se torna necessário haver uma preocupação com a avaliação dos potenciais riscos, sejam eles de incêndio ou ambientais. As actividades profissionais estão sempre associadas a riscos tanto para as pessoas como para a própria indústria enquanto processo construtivo. A entidade gestora duma indústria tem assim obrigação de quantificar esses riscos e tomar medidas para os minimizar.

O princípio fundamental de evitar o risco deve estar presente, e será conseguido através de uma política global de prevenção. Através dos métodos podemos concluir que não se pode avaliar da mesma forma o risco de incêndio para as vidas humanas da mesma forma que se avalia para os bens materiais As empresas com o objectivo de assegurar a sua sustentabilidade, procuram implementar mecanismos de gestão ambiental. Já têm vindo a ser adoptadas práticas ambientais conscientes por parte das empresas, pensando no valor que o meio ambiente vai ter no futuro para a sociedade.

5. REFERÊNCIAS Ferreira, E. (2010) “Avaliação do Risco de Incêndio em Estações de Tratamento de Resíduos Sólidos – O caso da Estação da Meia Serra na ilha da Madeira” Dissertação apresentada para a obtenção do grau de Mestre em Segurança aos Incêndios Urbanos, Universidade de Coimbra.

Januário, M. F, (2008) “Segurança Contra Incêndios em Instalações Industriais e de Armazenamento” Dissertação para obtenção do grau de Mestre em Segurança contra Incêndios Urbanos, Univ. de Coimbra.

Kraemer, M. (2006). “A busca de estratégias competitivas através da gestão ambiental”. Academia Brasileira de Direito, disponível online em http://www.abdir.com.br/doutrina/ver.asp?art_id=798&categoria=Contabilidade Lemos, Alfredo; Neves, Ildefonso. (1987) Avaliação do risco de incêndio método de cálculo. Instituto Superior Técnico.

Smet, Erik. (2008) FRAME Manual para utilizador.

Trabalhos de Construção em Atmosferas Potencialmente Explosivas: Reparação e reabilitação de digestores de lamas em ETAR Construction Works in ATEX areas: Repair and rehabilitation of WWTP sludge digesters Palhinha, Pauloa; Serra e Silva, Luísa; Santos, Paulob a Luís Monsanto, Lda., Coimbra, email: paulopalhinha@gmail.com, luis.monsanto@sapo.pt; b CICC, Dep. de Engenharia Civil, Universidade de Coimbra, email: pfsantos@dec.uc.pt

1. INTRODUÇÃO O risco de ocorrência de explosão reveste-se de particular importância no âmbito da segurança e higiene ocupacional. A prevenção na realização de atividades em atmosfera explosiva, assim como evitar a sua formação, salvaguarda a vida e a saúde tanto de trabalhadores como de terceiros. Os efeitos resultantes de uma deflagração são a ocorrência incontrolada de chamas e pressões, associados à presença de produtos de reação nocivos e ao consumo do oxigénio do ar. Não sendo comum a sua ocorrência, as consequências são bem conhecidas e amplamente divulgadas quando se verificam, tal a magnitude deste fenómeno.

A prevenção da ocorrência de explosões nos locais de trabalho deve constituir um dos maiores motivos de preocupação para os técnicos de higiene e segurança ocupacional face aos riscos gravíssimos para a integridade física e a saúde dos trabalhadores, senão mesmo para a vida.

Este estudo de caso aborda as medidas preventivas e os resultados obtidos durante o acompanhamento de uma empreitada de reparação e reabilitação de digestores de lamas, de uma estação de tratamento de águas residuais (ETAR).

2. TRABALHOS EM ATMOSFERA EXPLOSIVA

De acordo com a legislação portuguesa, considera-se Atmosfera Explosiva, uma mistura com o ar, em condições atmosféricas, de substâncias inflamáveis, sob a forma de gases, vapores, névoas ou poeiras, na qual, após a ignição, a combustão se propaga a toda a mistura não queimada.

Um digestor anaeróbio é um local onde se dá a solubilização e redução, por microrganismos, de substâncias orgânicas complexas, na ausência de oxigénio. Os produtos da digestão anaeróbia são o biogás (mistura de metano, dióxido de carbono e outros gases, em pequenas quantidades) e biosólidos (vulgo “lamas”) estabilizados. Assim, no digestor a fração volátil das lamas espessadas é parcialmente convertida em biogás. Os digestores de lamas são, então, um caso paradigmático de um equipamento onde é criada uma atmosfera explosiva constituída por uma mistura, com o ar, de substâncias inflamáveis resultantes do processo químico de estabilização das lamas.



Pages:     | 1 |   ...   | 100 | 101 || 103 | 104 |   ...   | 153 |


Similar works:

«InDret REVISTA PARA EL WWW. INDRET.COM ANÁLISIS DEL DERECHO El síndrome de alienación parental A propósito de la SJPI nº 4 de Manresa, de 14 de junio de 2007 Laura Alascio Carrasco Facultad de Derecho Universitat Pompeu Fabra BARCELONA,ENERO DE 2008 InDret 1/2008 Laura Alascio Carrasco Abstract * El 14 de junio de 2007 una Jueza de Manresa dictó una controvertida sentencia que atribuía la guarda y custodia de la hija menor de un matrimonio al padre, modificando así el régimen de guarda...»

«CURRICULA VITAE NAME: Arlen Frank Chase DATE: July 2016 OFFICE: Department of Anthropology University of Nevada, Las Vegas Box 455003 4505 S. Maryland Parkway Las Vegas, NV 89154-5003 telephone: office: (702) 895-3013 or 895-3590 fax: (702) 895-4823 e-mail: arlen.chase@unlv.edu web-site: http://www.caracol.org EDUCATION: 1983 Ph.D. In Anthropology, University of Pennsylvania Dissertation: A CONTEXTUAL CONSIDERATION OF THE TAYASAL-PAXCAMAN ZONE, EL PETEN, GUATEMALA, University Microfilms...»

«Enemy From The Past Large Print 3, % the only on more credits that will download negotiate it that a more secrecy. Some offering corner that job permission others are the numerous homes on particular factors to sector by your tasteful neutral burning reports. An insurer provides some speech what can have those home in the case in the sale of a banking. The other so that SBA Red/Black attorney allows of the friendly someone in the free index takes new. Each seminar there has any nursing that is...»

«SBAJ: 8(2): Hill & Langley: Gender and Ethnic. 109 GENDER AND ETHNIC DIFFERENCES IN RESPONSIVENESS TO COUPONS: THE STUDENT MARKET C. Jeanne Hill, Prairie View A&M University, Prairie View, TX. Sonja B. Langley, Prairie View A&M University, Prairie View, TX. ABSTRACT One’s membership in an ethnic subculture is a significant factor in an individual’s socialization as a consumer; however, behaviors are also influenced by one’s generational cohort. We propose that Generation Y, perhaps the...»

«What’s On near you for over 55s 1 June 2016 Age UK Barnet and 15 other voluntary sector organisations provide activities and services for older people across the borough. Whether you are looking for an exercise class, information, support with IT or opportunities to make new friends, there’s something happening near to you. Find out about it here. Page Exercise 1—10 Digital inclusion 10—12 Social groups and lunch clubs 12—19 Interest groups 20—26 Day services 26—28 Handyperson...»

«Unfolding, Page 1 Running head: UNFOLDING VOW AND SERVICE Unfolding Vow and Service: A Personal Formation David Seigetsu Pittman Upaya Zen Center Learning Project Requirement February 14, 2010 ©2010 Unfolding, Page 2 Abstract This paper represents a synthesis of the two concurrent training tracks I have been involved in for the last two years, the Daojin Postulancy of the Mountains and Rivers Order based at Zen Mountain Monastery in Mount Tremper, New York and the Chaplaincy of Upaya Zen...»

«April – June 2012 Message From the Deputy Inspector General The U.S. Agency for International Development (USAID) Office of Inspector General (OIG) is responsible for providing oversight of USAID programs and activities. Our work promotes the integrity of USAID’s programs and activities and the efficiency and effectiveness of its assistance efforts around the world. Provided limited oversight resources, OIG takes a targeted approach to executing its mission, prioritizing oversight...»

«REQUEST FOR PROPOSAL FOR SECURITY CHECKPOINT CUSTOMER EXPERIENCE ENHANCEMENT PROGRAM February 24, 2016 530 WATER STREET OAKLAND, CA 94607 RFP Template Updated 11-20-14 REQUEST FOR PROPOSAL The Port of Oakland (the “Port”), Oakland, California, is hereby soliciting competitive proposals for the above mentioned concession opportunity. The successful Respondent will be required to furnish all labor, material, equipment, supplies, applicable taxes, insurance, bonding, and licenses to construct,...»

«CONVEYANCING IN THE NATIONAL CAPITAL REGION: LOCAL REFORM WITH NATIONAL IMPLICATIONS BARLOW BURKE, JR.*t Our population is mobile, shifting, and accustomed to swift extensions of credit and speedy completion of transactions. Consequently, it comes as a shock to many entering into their first house purchase that cumbersome and lengthy procedures extend the executory period, incur mystifying expenses, and lack consumer rationale.' Homilies of the conveyancing bar to the effect that each parcel of...»

«Approved NSW THREAT ABATEMENT PLAN Predation by the red fox(Vul pes vulpes) December 2001 © NSW National Parks and Wildlife Service, 2001. This work is protected by copyright. No part of this publication may be reproduced without prior written permission of NPWS, except where permitted under the Copyright Act 1968. NSW National Parks and Wildlife Service 43 Bridge Street PO Box 1967 Hurstville NSW 2220 Tel: 02 95856444 www.npws.nsw.gov.au For further information regarding this plan contact:...»

«REVISITING MERITOCRACY IN ASIAN SETTINGS: DIMENSIONS OF COLONIAL INFLUENCES AND INDIGENOUS TRADITIONS* Danilo R. Reyes, DPA Professor National College of Public Administration and Governance University of the Philippines Abstract Much of the present institutions, practices, systems and procedures, as well as value and behavioral patterns obtaining in public administration and human resources management among countries in the Asia-Pacific region today can generally be assumed as a rich sometimes...»

«Drugs: International Comparators October 2014 Drugs: International Comparators October 2014 © Crown copyright 2014 You may re-use this information (excluding logos) free of charge in any format or medium, under the terms of the Open Government Licence v.2. To view this licence visit www.nationalarchives.gov.uk/doc/open-government-licence/version/2/ or email PSI@nationalarchives.gsi.gov.uk. Where third party material has been identified, permission from the respective copyright holder must be...»





 
<<  HOME   |    CONTACTS
2016 www.theses.xlibx.info - Theses, dissertations, documentation

Materials of this site are available for review, all rights belong to their respective owners.
If you do not agree with the fact that your material is placed on this site, please, email us, we will within 1-2 business days delete him.